O que é depressão?

106

Hoje vamos falar sobre a depressão, segundo a organização mundial de saúde a depressão é a maior causa de incapacidade, se levado em conta o tempo de atividade perdido em função da depressão. A revista Psychology Today apresentou a depressão como uma grande causa de prejuízo para as empresas, a partir do que chamam presenteísmo, trata-se das presenças que causam prejuízo por serem improdutivas, o funcionário vai ao trabalho mas não trabalha de fato, então além de causar tempo de trabalho perdido por afastamento, também afeta a produtividade de quem não se afasta do trabalho.

Mas o que é depressão? É uma doença mental, então não é tão simples identificar como uma gripe ou uma infecção caracterizada pela presença de microrganismos ou alto colesterol e hipertensão facilmente mensurado. Segundo a classificação internacional de doenças a depressão se enquadra como um transtorno de humor, trata-se somente de um conjunto de sintomas e comportamentos associados ao sofrimento psíquico. Transtornos podem ter sua causa associada a doenças, mas nem sempre o tem.

É necessário fazer a distinção entre ter depressão e se sentir deprimido, todos nós nos sentimos deprimidos de tempo em tempos, ao tirar uma nota ruim, terminar um relacionamento, ter uma discussão, mas quando o quadro persiste por um longo período então caracterizamos como um quadro depressivo.

Um episódio depressivo apresenta baixa concentração e atenção, menor autoestima, falta de autoconfiança, sentimento de culpa e de inutilidade, visão pessimista do futuro, ideias auto lesivas e suicidas, perturbação do sono e no apetite. Segundo a psiquiatria a presença de cinco desses sintomas por mais de duas semanas já qualificam o diagnóstico de depressão. Além dos sintomas psíquicos acessíveis pelos comportamentos citados também temos alterações cerebrais correlacionados com a depressão.

A redução do lobo frontal no hipocampo são frequentes em pessoas com o transtorno, também a redução dos neurotransmissores, serotonina, norepinefrina e dopamina. Também podem acontecer algumas disfunções hormonais como altas concentrações de cortisol e a desregulação dos hormônios da tireoide.

Não há uma causa bem definida para a depressão, as pesquisas têm sugerido que há componentes biológicos, genéticos, psicológicos e ambientais. Os tratamentos para depressão em geral são psicoterapia e dependendo da gravidade podem ser utilizados medicamentos que visam aumentar a quantidade dos neurotransmissores citados anteriormente, estes dois tratamentos são complementares, não se pode esperar que seja curado da depressão somente com remédio tal como não se pode esperar o mesmo de um membro quebrado. É necessário fisioterapia para um membro quebrado e psicoterapia para a depressão.

É importante ao lidar com pessoas que tenham ou que possam ter depressão, não comparar a tristeza que sentem da depressão com alguma tristeza que você tenha tido no passado e superou, pois pode gerar um sentimento de fracasso por parecer algo muito fácil e com o qual não conseguem lidar. Se você conhece alguém que possa estar nessa condição sugira que busque ajuda ou até dê o primeiro passo, pessoas com depressão não costumam ser proativas então você pode pesquisar profissionais para indicar por exemplo. O primeiro passo é muito importante, também converse sobre a depressão abertamente e sempre pergunte como a outra pessoa está, sempre com cuidado de não fazer julgamentos. Espero ter esclarecido um pouco sobre esse abrangente assunto que é a depressão, que atinge mais e mais pessoas a cada dia, se você se encontra nesse quadre busque forças e procure ajuda, se conhece alguém nessa situação dê o primeiro passo e ajude-a.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, assim que desejar. Aceitar Leia mais

estatistica