Inspire-se em jovens empreendedores de sucesso que mudaram suas vidas

55

Independente se você é dono de uma pequena empresa ou de uma startup, o sucesso do negócio é o que todo empreendedor almeja. Em tempos de internet, cada vez mais temos acesso a jovens empreendedores de sucesso que, às vezes, com menos de 20 ou 30 anos, já desenvolveram ideias excepcionais, criaram empreendimentos e modelos de negócios extraordinários. É possível aprender valiosas lições de empreendedorismo com o exemplo com esses jovens que se destacaram e fazem sucesso. Abaixo listamos alguns casos que provam que idade não é sinônimo de sucesso.

Ben Kaufman

Fonte da imagem: https://www.forbes.com

Quão criativo você era aos 14 anos? Nesta idade, Ben Kaufman tinha fundado sua primeira empresa, a BK Media, em Long. Island (Nova York). Em 2001, ele descobriu que não tinha toda a experiência de alguém com mais idade, mas conhecia bem as pessoas da sua faixa etária e criou uma empresa de web design e produção de vídeo com o que havia aprendido na internet. Aos 18, já tinha um segundo negócio, a Mophie, que começou a ganhar prêmios de design no MacWorld já no seu segundo ano de vida. O sucesso do negócio fez com que Ben captasse US$ 1,5 milhão para ampliar o leque de produtos. Decidiu vender a Mophie no auge do seu sucesso para criar sua terceira empresa aos 20 anos, a Kluster, uma plataforma online que reuniria pessoas para juntas criarem novos produtos – depois o negócio foi rebatizado como Quirky.

Eden Full

Fonte da imagem: https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_eden-full2_web.jpg?quality=70&strip=info&w=920

A jovem empreendedora já esteve na lista da revista Forbes “30 under 30” na categoria Energia e Indústria três vezes seguidas, inventou a SunSaluter, um captador solar, e estuda engenharia mecânica na Universidade de Princeton. A história dela é incrível e inspiração para qualquer pai que quer uma filha brilhante. Quando tinha 9 anos, ela ganhou um brinquedo movido a energia solar do pai e passou a estudar mais sobre energia solar pelo Google. Depois foi para a faculdade de engenharia e desenvolveu um captador solar que gera energia e ainda filtra água”.

Kevin Systrom

Fonte da imagem: https://specials-images.forbesimg.com/imageserve/58c1a2eba7ea431f321ad96b/416×416.jpg?background=000000&cropX1=63&cropX2=733&cropY1=13&cropY2=683

Kevin Systrom, fundador do Instagram, se formou em gestão de ciência e engenharia na Universidade de Stanford em 2006 e trabalhou durante dois anos no Google. O empreendedor com uma paixão que aliava redes sociais e fotografia criou o aplicativo que hoje é referência mundial. Em 2012, a startup foi vendida para o Facebook por 1 bilhão de dólares.

Nick DAloisio

Fonte da imagem: https://amp.businessinsider.com/images/594ccc83e92b9423b17b5fdc-750-563.png

O empreendedor lançou a startup Summly, que agrega notícias no celular, em dezembro de 2011, quando tinha apenas 15 anos. No ano passado, o Yahoo! comprou a startup e o valor estimado da venda era de 30 milhões de dólares. Nick é uma inspiração não só pelo valor que ele recebeu, mas principalmente por mostrar que é possível que adolescentes aprendam a programar, criem coisas legais, fundem negócios e atraiam consumidores.

Nathan Blecharczyk, Joe Gebbia, e Brian Chesky

Fonte da imagem: https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_mundo9.jpg?quality=70&strip=info&w=680&zoom=2

O AirBnb é um dos serviços mais disruptivos criados nos últimos anos.
Fundada em 2008 pelos empreendedores Joe Gebbia, Brian Chesky, e Nathan Blecharczyk, a startup Airbnb possui uma plataforma que ajuda viajantes a encontrar quartos, apartamentos ou casas ao redor do mundo. Eles já receberam investimentos de mais de 325 milhões de dólares. Além de reduzir preços para os viajantes, permiti não só que pessoas tivessem uma renda extra alugando cômodos ou suas próprias casas, como também toda uma economia à parte do que tradicionalmente chamamos como setor imobiliário.

Bel Pesce

Fonte da imagem: https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_img_3003-web3.jpg?quality=70&strip=info&w=680&zoom=2

Depois de uma temporada de sete anos nos Estados Unidos, a paulistana voltou ao Brasil e fundou a escola de desenvolvimento de talentos FazINOVA que conta também com uma plataforma online de cursos gratuitos. Durante o período que esteve no exterior Bel estudou no Massachusetts Institute of Technology (MIT) e trabalhou na Microsoft e no Google. Com seu livro ‘A Menina do Vale’, ela ajudou a tornar a palavra empreendedorismo conhecida por muitos adolescentes e pessoas que até então estavam fora do mundo empreendedor.

Ben Silbermann e Evan Sharp

Fonte da imagem: https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_138034707.jpg?quality=70&strip=info&w=680&zoom=2

O Pinterest já foi classificado pela revista Time como um dos “50 Melhores sites de 2011” e até hoje é uma rede social popular. No começo a rede não tinha ganhado a atenção de usuários, mas ele não desistiu da ideia.

Um dos fundadores e CEO do startup, Ben Silbermann (à direita), se formou na Universidade de Yale e trabalhou no Google antes de começar a trabalhar no projeto que viria a ser o Pinterest. Silbermann conta que inscreveu pessoalmente os 5.000 primeiros usuários, oferecendo-lhes seu número de telefone pessoal e até mesmo marcando encontros com outros. Nove meses depois, o site já contava com 10.000 usuários. Silbermann e os desenvolvedores operaram o site em um pequeno apartamento até o verão de 2011.

Gabriel Benarrós

Fonte da imagem: https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_gabriel-benarros-ingresse7.jpeg

A ideia da Ingresse surgiu quando Gabriel, estudando em Stanford, resolveu organizar junto com alguns amigos uma festa para alegrar um amigo, que estava triste porque sua namorada tinha viajado. Com tudo comprado para a preparação, um grande grupo de convidados desistiu de comparecer. Teriam um prejuízo de 5 mil dólares – uma dor no bolso de qualquer universitário – até que tiveram a ideia de vender os ingressos pela internet. Em poucas horas, estava tudo esgotado. Gabriel Benarrós nasceu em Manaus e é formado em economia comportamental pela Universidade Stanford, onde criou um negócio de vendas de ingresso, recebeu investimento do seu professor e voltou para o Brasil, para a sua cidade natal. Testou o modelo de negócio em Manaus e, depois de validado, expandiu o negócio para outras capitais brasileiras

Fonte do artigo: http://blogs.pme.estadao.com.br/blog-do-empreendedor/ben-kaufman-fundou-sua-primeira-empresa-com-14-anos-uma-historia-sobre-criatividade/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Pinterest
https://exame.abril.com.br/pme/10-jovens-empreendedores-de-sucesso-para-se-inspirar/

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, assim que desejar. Aceitar Leia mais

estatistica