Dicas de autoajuda para quem tem depressão

672

Segundo as pesquisas da OMS, a depressão já afeta cerca de 322 milhões de pessoas ao redor do mundo. Conhecida como “o mal do século” essa doença mental pode afetar qualquer um. Dados também apresentados pela OMS apontam quem o Brasil é o país com o maior número de depressivos no mundo, em um total de 11,5 milhões de pessoas.

A depressão é definida por um distúrbio afetivo que gera uma tristeza profunda, perda de interesse generalizado, falta de ânimo, de apetite, ausência de prazer e oscilações de humor que podem acabar em pensamentos suicidas.

Essa doença mental, não deve ser encarada de qualquer jeito, é uma doença séria que deve ser tratada com profissionais de psicologia e médicos. Depressão não é frescura, é doença!

Abaixo está listado algumas dicas de como lidar com esse mal que tanto nos desmotiva.

Psicoterapia

Fonte: http://actinstitute.org

O sofrimento causado pela depressão é melancólico e angustiante, portanto profissionais psicoterapeutas podem te auxiliar a desenvolver um novo padrão de comportamento e pensamento que vão ajudar a combater a depressão. Os profissionais vão estabelecer planos de tratamento de acordo com seu problema.

O profissional psicoterapeuta por meio da fala é capaz de levar o indivíduo a lidar com a doença, compreende-la e pôr um fim. Sem acompanhamento psicológico a depressão pode ser mais difícil de encarar.

Exercícios físicos

Fonte: https://guiapraticosobredepressao.com.br

Práticas de exercícios físicos e esportes coletivos colaboram positivamente para a redução do sofrimento, pois melhoram a autoestima, reduzem a ansiedade, melhora a cognição, diminui o stress e até mesmo promoverem reintegração social. O exercício físico libera no cérebro uma substância chamada endorfina, que proporciona uma sensação de paz e de tranquilidade.

Por ser um potente libertador de endorfinas, o exercício físico cria a boa dependência quando praticado regularmente, e faz falta como faria qualquer outra substância associada ao prazer. Uma caminhada rápida durante 20 a 30 minutos, três a cinco vezes por semana, pode ser uma grande ajuda para lidar com a depressão.

Alimente-se bem

Ômega-3, magnésio, fibras, zinco, ferro, além das vitaminas C, B1, B9 e B12 são nutrientes que não devem faltar em seu prato para o combate a depressão. Nutricionistas e neurocientistas apontam que com uma alimentação devida, com os nutrientes certos, os níveis de neurotransmissores no organismo melhoram o seu humor e afasta a melancolia.

Na sua refeição, faça o possível para incluir cereais integrais, leguminosas (grão-de-bico, ervilha e feijão), oleaginosas (castanhas, amêndoas e nozes), carnes magras, peixes, ovos, leite, queijos, frutas e legumes. Esses alimentos vão te proporcionar um aumento no nível de serotonina, que consequentemente vai melhorar seu humor.

Compartilhar seus sentimentos

O isolamento social é uma das características da depressão. As pessoas depressivas, geralmente se isolam de amigos, familiares e colegas de trabalho. Conversam somente com o que é necessário e não tendem a expor o que estão sentindo.

Mesmo que pareça uma tarefa difícil, o ideal a se fazer é tentar manter o contato com essas pessoas, conversar com elas e, sempre que possível, se abrir com amigos íntimos relevando as angústias. Esse compartilhamento pode não trazer a cura integral, mas, com certeza, contribuirá para que ela aconteça.

Recupere sua noite de sono

Fonte: https://www.greenme.com.br

É de extrema importância que mantenhamos a mente e o corpo sempre bem recuperadas.  Estabelecer e manter bons hábitos para um sono reparador e eficaz é um componente-chave no tratamento para depressão.

“Alterações hormonais são os responsáveis e a sua regulação é essencial para amenizar os efeitos e combater a depressão. Algumas mudanças no seu estilo de vida podem auxiliar: tente não cochilar durante o dia para ter uma melhor noite de sono; exercícios de respiração ajudam a relaxar; tire as distrações o seu quarto (computador, televisão e celular) e tente ter uma rotina de horário de ir para a cama e de levantar. Estes pequenos ajustes farão o seu sono se regular o tempo.”

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, assim que desejar. Aceitar Leia mais

estatistica